Não é bem matemático

O ser na primeira, segunda ou terceira pessoa do singular, nem sempre se torna maior ou melhor ao passar a ser primeira, segunda ou terceira pessoa do plural. O que era meu passa a ser seu, o que era teu passa a ser nosso e o que era dela passa a ser deles. E nem sempre ela vai querer o que é dele quando ele achar que ela deve fazer parte do que é dele. Assim como nem sempre ele vai querer fazer parte do que ela não quer pra ela como dela. Passa a ver-se, então, o nós na maioria das vezes como um prejudicado que faz mais bem do que mal? O vós, na maioria das vezes como o que alguém quer também? E eles, na maioria das vezes como o que ostentam ser? É estranho e vou cessar esse pensar, antes que eu começe a ver o lado bom…

Anúncios

Um pensamento sobre “Não é bem matemático

  1. “É estranho e vou cessar esse pensar, antes que eu começe a ver o lado bom…”
    ahuahuahuhauhuahu
    Porque tudo tem um lado bom!

Os comentários estão desativados.